Retiro do Brumado pode ter água da Copasa

A Vereadora Alessandra do Brumado e representantes da comunidade de Conceição de Itaguá se reuniram com a diretoria da Copasa e da Odebrecht na manhã do dia 1º de agosto, em Belo Horizonte. O encontro se deu após a reunião da Associação Comunitária de Conceição de Itaguá, onde os moradores definiram que a principal prioridade para o distrito é resolver o problema de falta de água (veja aqui).

Na reunião com a Copasa foi discutida a perfuração de novos poços artesianos no distrito. A Odebrecht já havia anteriormente se comprometido a perfurar novos poços para auxiliar no volume de água a ser distribuído no Retiro do Brumado. Juarez Amorim, Diretor Metropolitano da Copasa, solicitou que a Vereadora Alessandra do Brumado acompanhasse um geólogo da empresa que irá a Conceição de Itaguá no dia 4 de agosto avaliar os pontos de perfuração. O diretor disse ainda que uma máquina será deslocada, de forma imediata para perfuração após a análise do especialista. “Se de toda forma não conseguirmos deslocar o equipamento para a perfuração, a Odebrecht providenciará o trabalho. Este será um esforço conjunto entre Copasa e Odebrecht”, afirmou Juarez.

Também foi discutida a construção da alça viária em Conceição de Itaguá. Rozilene Maciel, Presidente da Associação de Moradores de Conceição de Itaguá e a Vereadora Alessandra do Brumado, passaram ao diretor a vontade dos moradores em trocar a alça viária pelo abastecimento de água da Copasa no Retiro do Brumado, como decidido na reunião do dia 30 de julho.

Juarez aprovou a alteração, mas disse que precisa que a associação providencie uma manifestação formal, por escrito, de que é um anseio essa mudança nas condicionantes da empresa. Dessa forma o diretor levará imediatamente para decisão da Diretoria da Copasa e formalmente ao órgão ambiental solicitando a troca de condicionantes: providenciar a servidão de água tratada da Copasa para o Retiro do Bumado ao invés de construir a alça viária. Juarez ainda estabeleceu um prazo para a resolução destas prioridades: 30 dias.

Para a Vereadora Alessandra do Brumado este é um momento muito importante para resolver a falta de água no distrito. “Com a Copasa servindo o Retiro do Brumado com água tratada poderemos destinar a água captada pela comunidade para o restante do Brumado. Dessa forma o Retiro terá água em abundância e o Brumado dobrará a oferta de água existente hoje. De toda forma, enquanto as obras para servidão do Retiro não são iniciadas, todo o recurso hídrico oriundo da perfuração dos poços serão destinados para o Retiro do Brumado, de forma a amenizar, por enquanto, a falta de água na região. Após a resolução desta etapa emergencial, que é o abastecimento de água, buscaremos parcerias para que seja construída a tão sonhada alça viária, pois entendemos que também é importante investir em novos acessos na comunidade”, ressaltou Alessandra.

_MG_0010

Reunião aconteceu na sede da Copasa, em Belo Horizonte

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s